STJ diz que vai julgar nesse semestre outro recurso de Djalma Filho por assassinato
Djalma Filho poderá ser julgado até o meio do ano

O gabinete do ministro do Superior Tribunal de Justiça informou que um dos últimos recursos de Djalma Filho, o  na Corte será julgado ainda esse semestre.

Djalma é acusado de ser o mentor intelectual da morte de Donizette Adalto e já deveria ter ido ao Tribunal Popular do Juri. Mas devido a uma gama de recursos, já criticado até por membro do STJ, ele vem protelando o julgamento como objetivo de que o crime prescreve.

Donizette Adalto foi morto em 1998.

Ano passado, o 180 publicou uma extensa matéria sobre o caso, titulada de “Exclusivo: a luta de Djalma Filho para não ir a julgamento”.

Nela se expôs que ao julgar um dos julgamentos de Djalma Filho, o ministro do STJ Rogério Schietti Cruz chegou a afirmar que o suspeito apresentava “inconformismo” com a negativa dos seus sucessivos recursos protelatórios.

"O que se percebe, na verdade, é que a irresignação do embargante se resume ao seu mero inconformismo com o resultado do julgado, que lhe foi desfavorável, não havendo nenhum fundamento que justifique a oposição dos embargos de declaração, que se prestam tão somente a sanar eventual omissão, contradição, ambiguidade ou obscuridade do julgado, e não a reapreciar a causa", sentenciou.

VEJA:

djalmafilho.jpg

Ao tratar com o gabinete do ministro Sebastião Reis Júnior, as indagações feitas pelo Blog Bastidores giraram no sentido de saber se aquele Corte do judiciário iria ajudar na prescrição do crime que é imputado a Djalma Filho.

"O STJ vai deixar prescrever?", foi o questionamento.

O advogado de Djalma Filho é José Eduardo Rangel de Alckmin, primo do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Blogueiro: Por Rômulo Rocha - De Brasília

Comentários

Notícias Relacionadas

Comparada à Lava Jato, "Operação Pastor" deve prender mais políticos no Piauí e em Brasília
Tenente do Exército enciumado mata namorada e fere irmã e amiga após farra em botequim
No primeiro dia de audiência 12 testemunhas da morte de cabo do Bope são ouvidas
Polícia Federal desarticula no Piauí bando que desviou R$ 1,15 milhão
Carro de jovem desaparecido é achado incendiado em Timon; polícia faz perícia em corpo
TV JORNAL DA CIDADE
Untitled Document
Heráclito Fortes é hostilizado por petistas ao chegar a Teresina
Mais Videos

Untitled Document

Por Safira Bengell: Badalações em Teresina e no Rio de Janeiro
O Boato de Enéas Barros
QUEM REALMENTE MANDA NO BRASIL?
Socorro!!!

Untitled Document

Diego Albert Web Desenvolvimento

Mapa do site


Jornal da Cidade 2003-2011 © Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução do conteúdo deste portal desde que citado com fonte.