Somente oito dos 23 presos na Operação Infiltrados seguem detidos
Delegados da operação continuam com a investigação

Uma semana após ter sido deflagrada a Operação Infiltrados, 15 dos 23 presos na ação já estão soltos. Isso porque a Justiça, por meio da Central de Inquéritos de Teresina, converteu em medidas cautelares 15 mandados de prisão temporária que haviam sido cumpridos pela polícia. Dentre os soltos estão policiais investigados por fraudar o concurso da Civil de 2012. A Justiça determinou ainda a conversão de uma prisão temporária em prisão preventiva.

A informação é do delegado Willame Morais, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO).  “A prisão temporária geralmente é pedida quando o acusado representa algum risco para as investigações e, para evitar que ele atrapalhe o andamento do processo, a Justiça determina sua detenção. No entanto ficou claro, nestes primeiros passos do inquérito, que esses presos poderiam ser postos em liberdade sem prejudicar as diligências e as tomadas de depoimentos. Por isso a decisão da Justiça em aplicar uma pena alternativa até que seja dada uma condenação definitiva”, explica o delegado Willame.

Na semana passada, o desembargador Pedro de Alcântara Macedo já havia determinado a soltura do policial civil Anderson Vasconcelos da Nóbrega, alegando que ele não tinha antecedentes criminais, apresentava residência fixa, estava colaborando com a polícia nas investigações e, portanto, não apresentava riscos para o inquérito se fosse liberado. No entanto, sua soltura aconteceu mediante algumas ressalvas: ele deverá comparecer mensalmente em juízo para justificar suas atividades.

Com a soltura de 15 presos temporários da Operação Infiltrados, apenas oito continuam recolhidos à penitenciária, cumprindo prisão preventiva.

Entenda o caso

 

No último dia 09, a Polícia Civil do Piauí, por meio do GRECO, deflagrou a Operação Infiltrados para desbaratar uma organização criminosa acusada de fraudar o concurso da Polícia Civil de 2012. Na ocasião, 23 mandados de prisão foram cumpridos, dos quais 13 tinham como alvos policiais civis aprovados no certame.

Comentários

Notícias Relacionadas

Comparada à Lava Jato, "Operação Pastor" deve prender mais políticos no Piauí e em Brasília
Tenente do Exército enciumado mata namorada e fere irmã e amiga após farra em botequim
No primeiro dia de audiência 12 testemunhas da morte de cabo do Bope são ouvidas
Polícia Federal desarticula no Piauí bando que desviou R$ 1,15 milhão
Carro de jovem desaparecido é achado incendiado em Timon; polícia faz perícia em corpo
TV JORNAL DA CIDADE
Untitled Document
Heráclito Fortes é hostilizado por petistas ao chegar a Teresina
Mais Videos

Untitled Document

Por Safira Bengell: Badalações em Teresina e no Rio de Janeiro
O Boato de Enéas Barros
QUEM REALMENTE MANDA NO BRASIL?
Socorro!!!

Untitled Document

Diego Albert Web Desenvolvimento

Mapa do site


Jornal da Cidade 2003-2011 © Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução do conteúdo deste portal desde que citado com fonte.