Polícia investiga casos de estupro e assédio sexual contra estudantes da Universidade Federal do Piauí
Sede da UFPI em Teresina

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) apura a denúncia de assédio sexual envolvendo duas estudantes do curso de história. As vítimas registraram boletins de ocorrência contra um monitor, que teria cometido os abusos dentro de sala de aula. As jovens foram ouvidas nessa quarta-feira (17) na Delegacia da Mulher do Centro de Teresina. A polícia também investiga casos de estupro ocorridos em paradas e ônibus que circulam dentro da instituição.

A delegada Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher, contou que abriu processo para investigar o assédio sexual e realizou uma audiência com as vítimas. Segundo ela, o caso ocorreu há 15 dias e em ocasiões diferentes. O suspeito foi intimado para prestar esclarecimentos.

"Uma das estudantes contou que o monitor já vinha a assediando algum tempo e a chamando para sair. As duas vítimas contaram que, em ocasiões diferentes, foram trancadas pelo suspeito em uma sala de aula e sofreram abusos. Ele tentou beijá-las à força e em um dos casos passou a mão nas partes íntimas da aluna sem o seu consertimento", revelou a delegada.

Por meio de nota, a UFPI esclareceu que a coordenação do curso de história comunicou o fato à Procuradoria Jurídica para que todas as medidas necessárias sejam tomadas. A administração relatou que os fatos chegam de maneira formal, por meio da ouvidoria ou denúncias pelos departamentos.

"A Administração superior da Universidade Federal do Piauí repudia veemente qualquer forma de discriminação contra mulheres, violência física e psicológica, assédio moral, constrangimentos ilegais, discriminação de gênero, orientação sexual, raça e até mesmo padrão de beleza que reflitam o pensamento autoritário", frisou a nota.

  Delegada Vilma Alves investiga caso de assédio sexual e tentativas de estupro na UFPI (Foto: Catarina Costa / G1)

Tentativas de estupro

A delegada Vilma Alves também investiga denúncias de tentativa de estupro nas paradas de ônibus da Universidade Federal do Piauí e dentro de coletivos que circulam na instituição. Duas vítimas procuraram à Delegacia da Mulher do Centro de Teresina na quarta-feira e estão ajudando a polícia a montar um retrato falado do suspeito.

"O suspeito aborda as vítimas nas paradas de ônibus. Ele fica alisando as alunas, encostando a cabeça no ombro amigo e depois passa as mãos nas partes íntimas delas. Em outro caso, o rapaz entra no ônibus, abraça a vítima se passando por namorado, senta do lado e acompanha ela até a praça do Fripisa, no Centro da cidade", contou a delegada.

Vilma Alves pediu que as alunas não fiquem desacompanhadas para evitar este tipo de crime e solicitou mais segurança na universidade. "A mulher não é objeto e precisa ser respeitada. O homem não pode violar o direito dela, não pode chegar abraçando ou pegar nas partes íntimas sem o seu consertimento, porque isto é crime e a pessoa pode responder por tentativa de estupro", acrescentou.

Professor denunciado
Na terça-feira (16), cinco estudantes entre 14 e 15 anos denunciaram um professor de física por assédio sexual cometido dentro de uma escola particular de Teresina. O caso foi registrado na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e o suspeito demitido da instituição de ensino.

Comentários

Notícias Relacionadas

Comparada à Lava Jato, "Operação Pastor" deve prender mais políticos no Piauí e em Brasília
Tenente do Exército enciumado mata namorada e fere irmã e amiga após farra em botequim
No primeiro dia de audiência 12 testemunhas da morte de cabo do Bope são ouvidas
Polícia Federal desarticula no Piauí bando que desviou R$ 1,15 milhão
Carro de jovem desaparecido é achado incendiado em Timon; polícia faz perícia em corpo
TV JORNAL DA CIDADE
Untitled Document
Heráclito Fortes é hostilizado por petistas ao chegar a Teresina
Mais Videos

Untitled Document

Por Safira Bengell: Badalações em Teresina e no Rio de Janeiro
O Boato de Enéas Barros
QUEM REALMENTE MANDA NO BRASIL?
Socorro!!!

Untitled Document

Diego Albert Web Desenvolvimento

Mapa do site


Jornal da Cidade 2003-2011 © Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução do conteúdo deste portal desde que citado com fonte.