Primas brigam com colegas na escola e desaparecem sem deixar pistas. Família está em desespero

As primas Dacivane e Dayrlane, 11 anos, desapareceram sem deixar pistas às 10h30 da manhã da segunda-feira passada (29). As duas estudam na Unidade Escolar Antônio Maria Madeira, no bairro Parque Piauí, zona Sul de Teresina, e sumiram logo depois de deixar a escola.

A feirante Dácia Silva, mãe de Dacivane, disse que as primas nunca haviam sumido de casa e que toda a família está muito preocupada.

"A última notícia que temos é de que elas discutiram com uma colega de turma, foram advertidas pelo diretor da escola e foram mandadas para casa horas antes do horário normal do fim das aulas, por volta das 10h30. Mas elas nunca chegaram em casa", disse.

Para ir para casa - no bairro Santa Luzia, também na zona Sul - as meninas tomam um ônibus. A descida acontece normalmente próximo à Ceapi.

Os policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Escolar (Cipe) estiveram na escola para conversar com professores e colegas das meninas. Contudo, ninguém forneceu informações que pudessem ajudar a localizar as duas.

"O trabalho de investigação está por conta da polícia judiciária, nós fomos à escola, falamos com a família e fizemos as devidas orientações. Nossos policiais de ronda estão informados e estamos aguardando que a população repasse qualquer dado que nos ajude a encontrá-las", disse o comandante da Cipe, major Marcos Vinícius Araújo Sales.

O desaparecimento foi registrado também na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente e o Conselho Tutelar foi acionado. Por contra própria, a família tem feito buscas.

"Fomos em casas de amigos, colegas, conhecidos, familiares e ninguém tem nenhuma informação. Andamos nas redondezas, fizemos rondas na madrugada, ninguém viu nada, estamos desesperados", disse a mãe.

Quando deixaram a escola, as meninas usavam calça jeans azul, tênis e mochila escolar. Dacivane usava a camiseta do uniforme escolar, azul escuro com detalhes em branco. Dayrlane vestia uma camiseta preta.

Informações sobre as garotas podem ser repassadas à polícia pelo 190.

Informação com cidadeverde.com

 

Comentários

Notícias Relacionadas

Comparada à Lava Jato, "Operação Pastor" deve prender mais políticos no Piauí e em Brasília
Tenente do Exército enciumado mata namorada e fere irmã e amiga após farra em botequim
No primeiro dia de audiência 12 testemunhas da morte de cabo do Bope são ouvidas
Polícia Federal desarticula no Piauí bando que desviou R$ 1,15 milhão
Carro de jovem desaparecido é achado incendiado em Timon; polícia faz perícia em corpo
TV JORNAL DA CIDADE
Untitled Document
Heráclito Fortes é hostilizado por petistas ao chegar a Teresina
Mais Videos

Untitled Document

Por Safira Bengell: Badalações em Teresina e no Rio de Janeiro
O Boato de Enéas Barros
QUEM REALMENTE MANDA NO BRASIL?
Socorro!!!

Untitled Document

Diego Albert Web Desenvolvimento

Mapa do site


Jornal da Cidade 2003-2011 © Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução do conteúdo deste portal desde que citado com fonte.