Últimas
  Ex-assessor de Ciro Nogueira diz que está ameaçado de morte // "Quebrado", Quem-Quem desiste de disputar eleição para Governo do Piaui // PF faz operação para prender Ciro Nogueira por corrupção // Jurista diz que governo mente sobre empréstimo // Mão Santa faz festa para garantir filha como vice //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Programação artística para o 19º Festival Jazz & Blues

O sanfoneiro Waldonys também estará no Jazz da Serra

Mais de 20 shows, além de ensaios abertos, bate-papos e oficinas para adultos e crianças estão na programação artística musical do 19º Festival Jazz & Blues, que começa no dia 10 de fevereiro. São seis dias de atividades, sendo quatro em Guaramiranga (10 a 13) e, depois da Quarta-feira de Cinzas, mais dois em Fortaleza (15 e 16). Na cidade serrana, o Festival promove também ações ambientais, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA).

 

JAZZ E BLUES NA SERRA

 

Em Guaramiranga a música entra em pauta já pela manhã com o Café no Tom, um bate-papo com uma das atrações do Festival, sobre sua carreira e sua música. É sempre às 11h, no restaurante Basílico, na Praça do Teatro Rachel de Queiroz. Participam dessa conversa, respectivamente de sábado a terça, Juarez Moreira (MG), Davi Duarte (CE), Filó Machado (SP) e Jefferson Gonçalves (RJ). Também às 11h, no domingo e na segunda-feira, acontecem oficinas na sede da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA). No domingo a oficina é de sopros, com o músico mineiro naturalizado canadense Marcelo Padre, do Duo Estro Cuba, e na segunda-feira é de guitarra com o cearense Lu D’Sosa.

 

Às 16h30 o público já pode chegar à Cidade do Jazz & Blues, estrutura erguida pelo Festival na rua principal, a cerca de 600 metros da Praça do Teatro Rachel de Queiroz. Começa com os Ensaios Abertos dos espetáculos das 21h, e segue com a sessão Shows ao Pôr do Sol, às 17h, com duas atrações por dia. No sábado, se apresentam no fim de tarde o Trio Guara (CE) e Juarez Moreira (MG). No domingo, a sessão começa com o show do homenageado desta edição do Festival, o cearense Macaúba do Bandolim, acompanhado por seu filho Marinaldo (também um virtuoso nesse instrumento), Ribamar Freire (nome histórico do violão de 7 cordas) e Fernando do Pandeiro, e depois o palco é do também cearense Davi Duarte com o Duo Estro Cuba.

 

 

Na segunda-feira, quem abre a sessão das 17h é o trio instrumental de baixo, bateria e guitarra formado por Netinho de Sá, Robertinho Marçal e Lu D’Sosa (CE). O show seguinte é de Filó Machado Trio (SP), com Filó e Felipe Machado nos violões e Fábio Leandro no piano. Na terça-feira, a primeira apresentação da tarde é do trio de gaita, violão e percussão formado por Rebeca Câmara, Natanael Pereira e Igor Ribeiro (CE). Em seguida, quem sobe ao palco é o guitarrista mineiro Gustavo Andrade com o carioca Jefferson Gonçalves, que juntos apresentam o show “Explosion Blues”.

 

Tem mais shows à noite. Na sessão das 21 horas, o festival recebe quatro grandes atrações. No sábado, o show é do sanfoneiro Waldonys com o Sexteto de Jazz da Big Band Unifor. No domingo, o som jazzístico instrumental é levado ao palco pelo multi-instrumentista Arismar do Espírito Santo (SP), com o gaitista brasiliense Gabriel Grossi, o gaúcho Bebê Kramer no acordeon e o violonista cearense Cainã Cavalcante. Na segunda-feira, a atração é Dori Caymmi (violão), um dos grandes mestres da música brasileira, que se apresenta ao lado de Itamar Assiere (piano), Jefferson Lescowich (contrabaixo) e Ricardo Costa (bateria). Na sessão das 21h, na terça-feira, o Festival apresenta o projeto “Blues for Africa”, do paulista Adriano Grineberg (piano), tendo como convidado especial o cantor gaúcho Filipe Catto.

 

Depois é a hora das tradicionais Jam Sessions, que esse ano começam mais cedo, às 23 horas. Serão quatro noite de blues, blues rock e outros sons afins. Quem se apresenta na Jam de sábado é a cearense Marília Lima. No domingo, o guitarrista cearense Rafael Balboa faz um tributo a Eric Clapton. Quatro guitarristas de estados distintos se juntaram no projeto que será apresentado na Jam de segunda-feira: Blues do Nordeste, com André de Sousa (Piauí), Gustavo Cocentino (Rio Grande do Norte), Roberto Lessa (Ceará) e Rodrigo Morcego (Pernambuco). E as mulheres fecham a programação de shows na serra com “Divas do Blues”, apresentado pelas intérpretes Marília Lima, Raíssa Dantas e Fernanda Fialho.

 

AÇÕES AMBIENTAIS

 

Guaramiranga está localizada em uma APA (Área de Proteção Ambiental) do Maciço de Baturité. Para que seu público conheça a riqueza natural da serra e mantenha uma boa convivência com sua flora e fauna, o Festival soma, às atividades musicais, uma série de ações ambientais, começando no sábado de manhã, na entrada da cidade, com a Blitz Ecológica, que busca sensibilizar quem chega para a importância da preservação ambiental. Com a participação da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) e da Cagece, são distribuídas mudas de plantas aos visitantes, que recebem também orientações para o descarte correto do lixo e a programação destas ações. As outras ações ambientais são as oficinas de repelente natural de citronela e de produção de mudas, palestra sobre a APA de Baturité, trilha ecológica e exibição do filme “A lei da água”. Essas ações buscam aproximar as pessoas da natureza e reforçar o respeito ao meio ambiente. A programação pode ser conferida no site do Festival.

 

PARA AS CRIANÇAS

 

Uma programação especial foi criada para o público infantil. O Espaço Do Ré Mi, na Cidade Jazz & Blues, vai oferecer oficinas de musicalização ministradas pelos professores Amanda Montenegro e Diego Gomes, da escola BSB Musical, de Fortaleza. A atividade, destinadas a crianças de 6 a 10 anos, acontecerá das 9h30 às 10h30 nos dias 11, 12 e 13, respectivamente com aulas de prática de canto, percussão/expressão corporal através de dinâmicas rítmicas e, no último dia, atividades de ritmo com apoio de instrumentos percussivos (canos sonoros) e uma dinâmica de grupo. O objetivo é proporcionar a comunicação e a expressão através da música.

 

EXPRESSO JAZZ & BLUES

 

O Expresso Jazz & Blues sobe a serra novamente esse ano, com destino a Guaramiranga. O transporte oficial do Festival faz um ‘bate-volta’ nos quatro dias de programação na serra, saindo de Fortaleza às 13h e retornando à meia-noite. O passaporte inclui o translado ida-e-volta para um dia e um ingresso para o show das 21h. O passaporte custa R$ 140,00.

 

DOIS DIAS EM FORTALEZA

 

Em Fortaleza três espaços vão receber a programação. No Cineteatro São Luiz acontecerão shows de Dori Caymmi na quinta-feira, dia 15, e “Blues for Africa” de Adriano Grineberg com o convidado Filipe Catto na sexta-feira, 16, ambos às 19 horas. No Centro Cultural Banco do Nordeste haverá oficina de gaita no dia 15, às 17h, com Jefferson Gonçalves, que na sequência, às 18h30, apresenta o show “Explosion Blues” com o guitarrista Gustavo Andrade. E para fechar esta edição, tem festa de encerramento no dia 16, às 20h30, no Theatro José de Alencar, com shows de Davi Duarte e Duo Estro Cuba e do Blues do Nordeste.

 

Apresentado pelo Ministério da Cultura, com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e da Prefeitura Municipal de Guaramiranga, o 19° Festival Jazz & Blues tem como patrocinadores: Hipercor, Nacional Gás e BNB. Apoio cultural: Cineteatro São Luiz, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Theatro José de Alencar, Indaiá, Café Santa Clara Reserva da Família, Cagece, Dakota, Casa Pio, Mercadinhos São Luiz e Servis Segurança. Agradecimentos: ENEL e Coca-Cola. Promoção: Diário do Nordeste. Realização: Ministério da Cultura e Via de Comunicação.

 

SERVIÇO

19° Festival Jazz & Blues - De 10 a 13 de fevereiro de 2018 em Guaramiranga e nos dias 15 e 16 em Fortaleza. Informações: (85) 3262.7230. Site: www.jazzeblues.com.br. Instagram: @festivaljazzeblues. Facebook: Festival Jazz & Blues (CE).

 

Ingressos para os shows das 21h em Guaramiranga: À venda até o dia 9 de fevereiro na Bilheteria Virtual (www.bilheteriavirtual.com.br) e nos seguintes pontos de venda em Fortaleza: Mercadinhos São Luiz Cambeba (Av. Washington Soares, 6180) e Mercadinhos São Luiz Cocó (Av. Engenheiro Santana Júnior, 2977). De 10 a 13 os ingressos serão vendidos somente em Guaramiranga, na bilheteria, que funcionará das 15h às 20h. R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia). O restante da programação em Guaramiranga tem acesso gratuito.

 

Ingressos para os shows no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza: À venda no local (Rua Major Facundo, 500 - Centro). Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a sábado das 10h às 18h30 e, aos domingos, a bilheteria é aberta uma hora antes de cada evento e fecha no início da última atividade (conforme programação do dia). R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia). Venda com taxa de conveniência no Tudus (www.tudus.com.br). Informações no Cineteatro São Luiz: (85) 3252.4138 (horário comercial). Em breve informações sobre venda de ingressos para a programação do dia 16 às 20h30 no Theatro José de Alencar.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com