Últimas
  Deputado chama presidente da Vale de bandido e assassino // Começam a aparecer os podres da campanha política de 2018 // Sem preparo, vereadores brincam de legislar na CMT // Ônibus urbano // Helicóptero que levava Boechat não podia transportar passageiros //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Helicóptero que levava Boechat não podia transportar passageiros

(Foto: Everaldo Silva/Futura Press)

Em nota, o órgão informou que a empresa responsável pela aeronave estava certificada para serviços aéreos especializados %u2013 que incluem aerofotografia, aeroreportagem e aerofilmagem, entre outros do mesmo ramo.

A empresa RQ Serviços Aéreos Especializados LTDA, responsável pelo helicóptero que caiu na tarde desta segunda-feira (11/2) em São Paulo, causando a morte do jornalista Ricardo Boechat, não estava autorizada a transportar passageiros. O piloto da aeronave Ronaldo Quattruci, também não resistiu aos ferimentos. 

Em nota, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a empresa estava certificada para prestar Serviços Aéreos Especializados — o que incluem aerofotografia, aeroreportagem e aerofilmagem, entre outros do mesmo ramo. "Qualquer outra atividade remunerada fora das mencionadas não poderia ser prestada. Tendo em vista essas informações, a ANAC abriu procedimento administrativo para apurar o tipo de transporte que estava sendo realizado no momento do acidente", disse a Anac em nota. 

Mais cedo, a Anac comunicou que o helicóptero estava em situação regular, com o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) válido até maio de 2013, e a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) em dia até maio de 2019. As licenças e habilitações do piloto também estavam válidas. A aeronave caiu no quilômetro 7, próximo ao acesso à Rodovia Anhanguera, na chegada a São Paulo, em cima de um caminhão. 


(Foto: Rede Bandeirantes/Divulgação )

Segundo o capitão Augusto Paiva, da Polícia Militar, a aeronave teria tentado fazer um pouso de emergência. Ainda não se sabe qual foi o problema que causou o acidente. O helicóptero de matrícula PT-HPG é um monomotor com capacidade máxima de quatro passageiros mais a tripulação.

As investigações sobre as causas do acidente estão sendo conduzidas pelo Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), do Comando da Aeronáutica.

 




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com