Últimas
  Deputado chama presidente da Vale de bandido e assassino // Começam a aparecer os podres da campanha política de 2018 // Sem preparo, vereadores brincam de legislar na CMT // Ônibus urbano // Helicóptero que levava Boechat não podia transportar passageiros //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Ônibus urbano



Anualmente somos apresentados ao terror da falta de ônibus urbano em nossa cidade, às vezes o fato se dá por desentendimento dos patrões com os empregados, motoristas e cobradores, outras vezes por entendimento entre motoristas, cobradores e patrões, como forma de pressionar o poder público a aumentar o preço das passagens.

Todas as vezes sobra para nós consumidores, principalmente para os mais distantes do seu local de trabalho, para as empresas que pagam parte dos vales transporte, mas nunca sobra para os envolvidos. Os entendimentos chegam ao ponto de perdoarem as ausências dos grevistas ao trabalho.

Depois que eles se entendem, somos chamados a pagar o aumento que eles concederam aos seus empregados e nada acontece com esses grevistas e com esses ‘patrões’ que mais parecem pais, fazendo cortesia com o nosso boné.

Diante de tudo isso, ficamos em dúvida sobre o nosso real papel como pagador de impostos, pois as empresas nunca são punidas, já que o serviço é uma concessão do poder público e ao público deve servir. Explicando melhor: o município não quer prestar o serviço ou entende que os seus custos seriam elevados demais e resolve privatizar, permanecendo com o poder da suspensão da concessão.

Só que quando ele, poder público concede imaginamos que o certo seria não faltar o serviço para o povo a quem o mesmo poder público deve servir, mas não é isso o que acontece e assim vivemos tendo um serviço vagabundo, nos dando a sensação de que merecemos ficar sem transporte mesmo e a prefeitura, mais precisamente o prefeito, por sua vez, irresponsavelmente nada faz para moralizar isso. Enquanto isso, ficamos à mercê do “entendimento” entre eles.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com