Últimas
  Nos calos do governo // Kajuru escracha Gilmar Mendes e sofre retaliações do STF // PF e CGU vasculham rombo no governo petista do Piauí // Envolvidos em "racha da morte" serão punidos // Do Piauí, só Elmano assina a CPI Lava Jato da Toga //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
PF vasculha de novo casa de Ciro Nogueira para descbrir propina

Ciro Nogueira mais uma vez na mira da PF

Por ordem da ministra do STF, Rosa Weber, a Polícia Federal amanheceu o dia de hoje (22/02/2019), na porta do senador Ciro Nogueira (PP), para encontrar provas do seu envolvimento com propina e lavagem de dinheiro público desviado para campanhas políticas desde 2014.

A operação batizada de Compensação investiga suspeitas de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e tem como principal alvo o senador piauiense. Os policiais entraram e não disseram o que encontraram no interior da residência do senador e nos demais endereços que vasculharam.

Residência e empresas do senador


Policiais da PF caminham dentro da residência do senador

Os mandados de busca e apreensão, sete ao todo, estão sendo cumpridos também em Brasília e em São Paulo. As denúncias contra o senador que deflagraram esta operação foram feitas por colaboradores do Grupo J&F, que afirmam ter repassado R$ 43 milhões ao Progressistas, em espécie e em doações oficiais, através do senador, em troca de apoio político na campanha de 2014, à campanha presidencial de Dilma Rousseff.

No pedido de investigação, a procuradora-geral Raquel Dodge diz que as vantagens direcionadas ao PP eram para que o partido apoiasse o governo nas eleições e, mais na frente, também "não agisse contra" a então presidente alvo de um processo de impeachment. 


Empresa do senador também foi vasculhada

Constrangimento ao político

A defesa do senador Ciro, através do advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay aponta a operação como espetáculo. Diz que tal "constrangimento" poderia ser evitado com a intimação do senador e que o material hoje apreendido foi recentemente restituído pelo STF.

"A Defesa do Senador Ciro Nogueira vem denunciar, mais uma vez, o direito penal do espetáculo. O que está sendo apreendido nesta busca e apreensão é o que foi recentemente restituído pelo Supremo Tribunal em virtude de outra operação que não resultou em Ação Penal , o Supremo rejeitou a denúncia, pois baseada tão somente na palavra de outro delator.

Tal constrangimento poderia ser evitado com a simples intimação do Senador para prestar esclarecimento pois , é evidente, este sempre se colocou à disposição do Poder Judiciário", diz a nota.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com