Últimas
  Governadores querem posicionamento de Bolsonaro sobre armas // Mais um golpe contra o consumidor: luz mais cara // Mais um morto na rodovia da morte na Br-135 no PI // Prefeito de Campo Maior atrasa pagamento de vereadores // Grupo VemArt apresanta espetáculo em Teresina //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Vergonha nacional: brasileiro não sabe cantar o hino

Alunos escaparam de cantar o hino brasileiro

A grande maioria do povo brasileiro não sabe cantar o seu próprio hino nacional. Desleixo ou falta de vergonha, não se sabe. Mas está faltando civismo e interesse por um dos símbolos de agregação nacional e respeito pela pátria. Embora seja o hino nacional brasileiro longo e chato, representa a civilidade de um povo.

Depois da burrada do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que enviou ofício à todas as instituições de ensino do país para filmar alunos e entidades públicas cantando o hino brasileiro, com refrão de “o Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, do slogam de campanha do presidente Jair Bolsonaro,  pediu desculpas pela “barrigada”.

Dados do Projeto Brasilidade revelam que o Hino Nacional, um dos principais símbolos do Brasil, é uma incógnita para 58,4% dos brasileiros; apenas 21,7% revelam saber a letra na íntegra. Os mais jovens, as pessoas com maior escolaridade e os das classes A e B são os que mais dizem saber cantar. Desenvolvido pela República - Opinião dos Brasileiros, empresa especializada em pesquisa de opinião, o Projeto Brasilidade analisa em profundidade a autopercepção do brasileiro hoje, após 20 anos de democracia e de estabilização econômica no País.

A pesquisa foi realizada com módulos qualitativos e de quantificação, com quatro grupos focais e 1.272 entrevistas. Entre os entrevistados, apenas 21,7% revelaram saber toda a letra; cerca de 19,9% informaram que sabem quase toda a letra; 47,3% disseram que sabem alguns trechos; e 11,1% afirmaram que não sabem nenhum trecho.  

O sociólogo e cientista político Rodrigo Mendes Ribeiro e coordenador da pesquisa, salientou que entre os brasileiros com curso superior completo, o índice dos que sabem cantar o hino nacional é de 45,1% contra 26,5% e 27,4%, respectivamente, dos que sabem a letra praticamente inteira e alguns trechos.

ASSISTA AO VÍDEO DAS MANCADAS SOBRE O HINO NACIONAL

"Nesse nível de escolaridade, nenhum entrevistado afirmou não saber o hino nacional. O índice mais alto dos que não sabem nenhum trecho do hino, ou seja, 39, 2%, está entre os analfabetos, com primário incompleto e os que cursaram até a terceira série fundamental", detalha Mendes, acrescentando que quanto maior a escolaridade, menor o índice de pessoas que afirmam não saber a letra do hino na íntegra.

Jovens conhecem mais o hino


Na análise da faixa etária, a pesquisa revela que os mais jovens são os que mais têm conhecimento da letra do Hino Nacional - entre os 18 anos e 24 anos, 29,7% sabem a letra na íntegra contra 11,3% dos com idade entre 65 anos e 70 anos. A porcentagem mais baixa entre os que não sabem nenhum trecho está também entre os mais jovens; 3,6% (25 a 29 anos). Em contrapartida, o índice mais alto entre os que não sabem o Hino (20,3%) na faixa etária 60 anos e 64 anos.

Atualmente o Hino Nacional é cantado em poucos eventos. Nem mesmo nas escolas públicas, como era antigamente, ele é executado. Este pode ser um motivo do não conhecimento do hino. "A letra também não é fácil e torna o hino complicado para memorização. Há anos, nas escolas era comum astear a bandeira e todos cantavam o hino. Os alunos tinham que decorar e era quase um dever de casa saber o hino de cor. Essa não é mais a nossa realidade, e se agente sabe que é importante a identificação com a bandeira e com os símbolos naturais é preciso rever essa estratégia", afirmou o sociólogo.

Rodrigo  Mendes ainda disse que é necessário reforçar o sentimento de brasilidade por meio de maior investimento na educação.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com