Últimas
  Promotor de defesa da mulher acusado de agredir namorada // Mais uma copa do mundo decepcionante para o Brasil // Sou do tempo... // Desonestidade // Najila se complica e agora diz que perdeu o celular //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Genro de Mão Santa continua foragido da polícia

Luís Nunes Neto e Cassandra Moraes

Segundo informações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco, o genro do prefeito de Parnaíba, conhecido por Luís Nunes Neto, um dos alvos da operação “Terra Nullius” ainda está foragido após buscas na sua residência onde mora com a esposa, a  delegada de polícia Cassandra Moraes Sousa. 

Ele é acusado de grilagem de terras em Teresina, Parnaíba e Luís Correia, litoral do Piauí. A Polícia Civil fez buscas em um apartamento de luxo na zona Leste de Teresina onde reside Luís Nunes e a família, ele não foi encontrado no local e é considerado foragido. 

O empresário e servidor da Assembleia Legislativa do Piauí, Mádison Roger Silva Lima, foi preso por volta das 07h da manhã de ontem. Na cidade de Luís Correia, a casa do proprietário de um cartório da cidade também foi alvo de buscas. 

Sobre a operação 

A Justiça da Comarca de Luís Correia expediu queixa-crime contra o empresário Francisco da Costa Araújo Filho, mais conhecido como “Araujinho”, sogro do secretário da Fazenda do Piauí, Rafael Fontelles que agia juntamente com Luís Nunes Neto, esposa da filha de Mão Santa, acusados da prática do crime de esbulho possessório, dano qualificado e exercício arbitrário das próprias razões, delitos tipificados nos artigos 161, 163 e 34, do Código Penal.

Com o recebimento da queixa os empresários passam a condição de réus no processo. Segundo a queixa-crime apresentada por Janes Cavalcante de Castro, no dia 14 de novembro de 2017, por volta das 1.9 horas, véspera de feriado, oito homens apareceram de surpresa no Povoado Carnaubinha com um trator e passaram a derrubar tudo que encontravam pela frente. A operação, de acordo com a queixa-crime, foi comandada pelo empresário Luiz Nunes Neto, genro do prefeito de Parnaíba Mão Santa.


Araujinho, sócio de Luís Neto e sogro do secretário da Fazenda do Piauí, Rafael Fontelles

No dia posterior ao ocorrido, Araujinho mandou seu advogado Apoena Almeida Machado falar com o delegado da cidade para comunicar que ele era o responsável pela derrubada das cercas e construções e que tinha feito isso porque as terras eram de sua propriedade.

Araujinho e Luís Neto estão sendo acusados de descumprirem medida liminar que impede a realização de qualquer alteração em imóvel situado na Praia de Carnaubinha.

As terras reclamadas por Araujinho estão sub-judice e a queixa-crime afirma que a Justiça foi atropelada e que agiram como jagunços. Vários moradores eposseiros registraram Boletim de Ocorrência.

Oito pessoas foram arroladas como testemunhas, dentre elas, o delegado Maicon Kestner e o major Danilo Palhano. Há também acusação contra o sogro do secretário Rafael Fontelles o beneficiamento de repasse de parte de em´préstimo go Governo do Estado para a família do secretário para a compra de uma plataforma educacional de preparação para o Enem no valor5 de R$ 9 milhões para o instituto Premium. Essa empresa, até novembro de 2014, tinha como sócios, Isabel Eulálio Araújo Fontelles, filha de Araujinho e esposa de Rafael Fontelles, afirma o auditor federal Helano Guimarães.

 




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com