Últimas
  Promotor de defesa da mulher acusado de agredir namorada // Mais uma copa do mundo decepcionante para o Brasil // Sou do tempo... // Desonestidade // Najila se complica e agora diz que perdeu o celular //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Não entendo

Em 2015 morreram 19 pessoas em Minas Gerais, após o rompimento de uma barragem e até o momento o que chamam, em nosso país, de Justiça ainda não deu as caras e o caso continua na mesma. Ninguém preso, o processo não anda e as pessoas que perderam seus bens são simplesmente ignoradas.

Em Janeiro deste ano morreram mais de 300 pessoas no desastre de Brumadinho e até o momento nada aconteceu de concreto, a não ser a preparação de outra cidade para mais um desastre, com ruas pintadas e treinamento para a população saber como abandonar seu patrimônio e seus bens.

Em Fevereiro 10 jovens morreram nas instalações do Flamengo do Rio de Janeiro, onde residiam, sob as expensas e responsabilidade do clube e até o momento nada aconteceu e ninguém foi preso. Como é que pode?

Confesso que eu não entendo essa nossa Justiça. Falam que todos serão indenizados. Ok. E os processos? Ninguém vai preso? Será que só pagar pelos mortos resolve o problema? Se quem mata 10 não vai preso, quem mata um também não precisa ser preso, basta pagar com dinheiro que fica livre, pois fez “acordo com a família”. É isso mesmo?

O caso do Flamengo é ainda mais grave. Ter aqueles jovens sob sua tutela é assemelhado a “fiel depositário”, pois eram menores alimentados pelo clube e sabemos que o infiel depositário, aquele que negligencia o bem sob sua responsabilidade é passível de cadeia. Cadê? Ninguém vai preso?

Com todos esses exemplos de como funciona a Justiça em nosso país, fica aqui a dica: Senhor Advogado, se o seu cliente matar alguém, proponha um acordo com a família, usando a mesma “jurisprudência” desses casos. Vai ser engraçado ver a cara do juiz para decidir isso.

Se você consegue entender, por favor, me explique.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com