Últimas
  Veja isto... // Deputada denuncia que Uespi está sucateada e sem professores // Povo faz doação a procurador que ganha pouco // Começam a rolar cabeças pelo fracasso do trânsito // Morre, aos 67 anos, o cantor português Roberto Leal //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
O fim da sustentabilidade humana

Semanalmente somos bombardeados por informações vindas através de todos os meios de comunicação disponíveis, seja em vídeo, através de imagem ou mesmo escrita, muitas delas falsas ou pelo menos de origem duvidosa, consumindo muito de nosso tempo.

Já ouvi de entendidos que hoje somos muito mais informados em um dia do que nossos antepassados foram durante uma vida, o que nos leva a crer que isso seja um grande avanço da humanidade, mas eu discordo que a humanidade esteja avançando por causa disso.

Se avançamos em termos de informação regredimos em termos de humanização ou mesmo de relacionamento, pois é comum as pessoas não mais conversarem pessoalmente, evitando mesmo o contato, o abraço, ou um simples aperto de mão, para apenas mandar um “like”, “deslike” ou até um  “emoji”.

Estamos regredindo? O amor acabou? Estamos sendo levados ao isolamento? Deixaremos de ser um ser social? Sócrates em 420 a.C. disse que “nascemos para ser felizes”. Como poderemos ser felizes se, segundo o poeta, “ninguém é feliz sozinho”? e estamos a cada dia mais cabisbaixos olhando no celular, por exemplo, sem interagir.

Diante do acima escrito, no meu entendimento, fica evidente, até demais, um dos motivos que está levando tantos dos nossos jovens ao suicídio, apenas por não se sentir amado, acariciado, cuidado, abraçado, beijado, auxiliado, amparado, apoiado. Não se sente filho ou filha. Apenas alguém que dá despesas, trabalho e que na época das férias escolares é um problema. Será o fim da sustentabilidade humana?




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com