Últimas
  Prefeitos do Piauí usam dinheiro público e ficam sem o FPM // PT não tem candidato e vai se contentar com "laranja" // Esse timeco envergonha o torcedor brasileiro // Turistas perdem final de semana com praias sujas de óleo no Piauí // Segurados do IASPI são humilhados na consulta //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Salário justo

O jornalista Alexandre Garcia, em época não muito distante, disse, durante comentário que se pudesse fazer uma sugestão, sugeriria – já que professor é a mais nobre das profissões, é quem alfabetiza, ensina a pensar, desperta a curiosidade, leva conhecimento, prepara para a vida futuros vereadores, deputados: Por que não igualar o salário dos professores ao dos vereadores ou deputados? Ou melhor, ainda, por que não igualar o salário dos vereadores ao dos professores? – o que seria valorizar os vereadores.


Vereadores: privilégio de uma minoria


Professores: a falta de reconhecimento

Em Teresina, no Piauí, por exemplo, um vereador ganha o equivalente aos salários de dez professores municipais. Será que um vereador diante disso pode falar em justiça social?

É bom lembrar que a Constituição estabelece o máximo que pode ganhar um vereador como subsídio: de 40 a 75% do deputado estadual, dependendo do tamanho do município, mas não estabelece o mínimo.

Não faz muito tempo que os vereadores nada recebiam em dinheiro, a não ser a honra de servir seus conterrâneos. Mas fica ilimitada a tal verba de gabinete, que na Câmara de São Paulo chega a R$ 180 mil por mês, por vereador. E 70% dos assalariados brasileiros precisariam trabalhar 20 anos para pagar imposto suficiente para sustentar o gabinete de um vereador de São Paulo por um mês.

Dá para um vereador falar em justiça social? Vereador é servidor do seu povo, para representar o eleitor e fiscalizar o prefeito. Vereador é mandatário, o mandante é o eleitor e contribuinte.

Além dessas manifestações, mostrando que as pessoas não estão sendo omissas, será que as urnas do ano que vem vão conseguir filtrar, separar os bons dos ruins?

E, principalmente, será que os partidos vão oferecer candidatos em que a gente possa votar sem erro?

Mas não depende só do voto do cidadão. Isso é muito importante. Depende de uma mudança do sistema político, de financiamento para não se arranjar todo esse esquema, toda essa engrenagem que sangra os cofres públicos e que é um assalto ao bolso de todo mundo que trabalha de verdade no país, como professores, médicos e outros mais.

UMA NAÇÃO QUE INVESTE MAIS EM FUNDO ELEITORAL DO QUE EM SANEAMENTO BÁSICO, JAMAIS DEIXARÁ DE SER DE TERCEIRO MUNDO.

 




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com