Últimas
  Wellington Dias reage às declarações de Firmino // PRF abusa e humilha motoristas nas estradas durante o carnaval // Quem são as vítimas do acidente em Campo Maior // PRF registra maior número de acidentes na rodovia BR-343 // Aberta a temporada de mortes nas estradas durante o carnaval 2020 //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Se é para satirizar, vamos satirizar enquanto puder



Avacalhou de vez. Você se sentiu ofendido pelo vídeo “A Primeira Tentação de Cristo”, do Porta dos Fundos, ou foi movido pela raiva generalizada? Acredita que o serviço e o grupo devem ser punidos por ter produzido e lançado, pelo segundo ano consecutivo, um especial de Natal?

Resumindo, o filme de cerca de 45 minutos acompanha a festa de aniversário surpresa de 30 anos de Jesus (Gregório Duvivier), que chega do deserto acompanhado de um novo “amigo”, Orlando (Fábio Porchat). Jesus tenta esconder, mas a situação é bem clara: os dois estão em uma relação.

Para completar o cenário, José (Rafael Portugal) parece não ter engolido muito bem a história da gravidez imaculada de Maria (Evelyn Castro) e Deus (Antonio Tabet), tratado pela família como um “tio”, vive tentando a mãe de Cristo.

O curioso é que “A Primeira Tentação de Cristo”, ao fim, tem uma mensagem positiva. Após dúvidas sobre o que fazer quando se descobre o filho de Deus, Jesus passa por uma provação e encontra sua real vocação. O filme lançado no início do mês é mais divertido e menos ofensivo do que o do ano passado, “Se Beber, Não Ceie”, que trazia Jesus como um mau-caráter disposto a matar e enganar em uma ceia com muito sexo e drogas. Vale ressaltar que, pelo filme do ano passado, o grupo ganhou o Emmy Internacional de Melhor Série de Comédia. Não é pouca coisa.

Assim como quando Robert Kirkman fez um personagem gay chamado Jesus em The Walking Dead e recebeu cartas raivosas, um novo especial da Netflix recebeu ameaças de boicote, cancelamentos de assinaturas e até um ataque terrorista por retratar Jesus de Nazaré como um homossexual.

A polêmica

Em A Primeira Tentação de Cristo, a trupe de comédia brasileira Porta dos Fundos mostra Jesus comemorando seu trigésimo aniversário com uma Maria que fuma maconha e um amigo chamado Orlando no braço, que está implícito em ser seu amante.

Grupos religiosos na América do Sul – principalmente do Brasil – estão preocupados com o especial, e pedindo para que ele seja retirado da Netflix há semanas.

Nesta semana, no entanto, houve um esforço redobrado para intimidar a Netflix e a Porta dos Fundos. A hashtag “Cancele a Netflix” é uma tendência do Twitter.

A sede no Rio de Janeiro do Porta dos Fundos foi atingida por um ataque de coquetel molotov por pessoas que não concordam com o filme. A partir de agora, uma petição solicitando às autoridades brasileiras a proibição total do especial atingiu mais de 2 milhões de assinaturas.

Até o momento, nem a Netflix nem o Porta dos Fundos se pronunciaram sobre essa polêmica que toma proporções cada vez maiores.

Pois bem...

Ao se tratar - segundo os diretores do filme, de uma sátira humorística – que tal satirizar o momento político e seus atores? Para tanto, resolvi aproveitar a deixa e inserir alguns desses personagens mitológicos e paradoxais do cast político brasileiro, em um ensaio cinematográfico sem nenhuma intensão de ridicularizá-los tal qual o filme em questão.

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) criticou em mensagem a decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, que derrubou a censura contra o especial de fim de ano do grupo Porta dos Fundos e veiculado pela Netflix.

“Eu quero saber se for produzido um filme pela produtora Porta dos Fundos, mostrando o presidente do STF como gay e os outros ministros como viciados em cocaína, se vão aceitar como cultura?”, questionou o pesselista. Em seguida, pergunta “se vão querer impedir que a Netflix exiba o filme”. Ao final, sugere: “façam esse filme”.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com