Últimas
  Senador Cid Gomes escapa da morte ao sofrer um tiro // Justiça manda soltar Correia Lima, o chefe do crime organizado no PI // Bolsonro prova mais uma vez que é despreparado para o cargo // Equatorial demite mais de 1.400 empregados // Governo não tem como pagar reajuste a professores //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Coronavírus ameaça o mundo e autoridades escondem a verdade

Chineses estão apavorados e o mundo em alerta

A situação da epidemia do Coronavírus na China ultrapassa os limites da tolerância e o caso é mais grave do que sabemos. As autoridades chinesas e mundiais estão escondendo a real situação de mortes e desespero de uma população à deriva à beira da morte.

Parece mais com um filme de ficção científica, mas é real. As pessoas estão morrendo em casa, na rua e em todo lugar, sem que o serviço de atendimento hospitalar sem poder fazer algo sobre o problema. Estão todos à mercê da morte enquanto a epidemia jã se alastra por mais de cinquenta países, inclusive o Brasil, com casos suspeitos.

A China intensificou as medidas de isolamento, controle e prevenção para impedir a propagação da epidemia do Coronavírus, que provocou mais de 100 mortes e gerou uma "situação grave", nas palavras do presidente chinês Xi Jinping.

A China está deserta e abandonada com pouca coisa funcionando. Restrições de tráfego em Wuhan, o epicentro da epidemia, alerta máximo em Hong Kong, verificações sistemáticas nos transportes de Norte a Sul: a China luta para conter o vírus, que já causou várias mortes no país e 1.610 infectados.

Esta é a real situação na China

A Prefeitura de Xangai, capital financeira da China, também registrou sua primeira vítima fatal, um homem de 88 anos que já tinha problemas de saúde anteriores ao contágio.

A partir da próxima segunda-feira, as agências de turismo estarão proibidas de vender pacotes turísticos a grupos, anunciou a emissora estatal chinesa CCTV.

Mas este continua se expandindo e já está presente em quatro continentes. A Europa registrou seus três primeiros casos em três pessoas que vivem na França e que estiveram recentemente em Wuhan. A Austrália também confirmou quatro casos, todos em pessoas que acabaram de voltar da China.

Na Ásia, vários países registraram casos e nos Estados Unidos um segundo foi confirmado. O estudo dos primeiros casos confirmados mostra que a taxa de mortalidade do vírus, da família do Coronavírus, chamado de 2019-nCoV, é pequena.

A taxa "é, até o momento, de menos de 5%", explicou o professor Yazdan Yazdanpanah, especialista francês membro da Organização Mundial de Saúde (OMS), que atendeu pacientes na França.

"De forma geral, os pacientes (afetados pelo vírus) apresentam um quadro menos grave do que os que têm SRAS", infecção que, por sua vez, apresentava taxa de mortalidade de 9,5%, explicou o especialista.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com