Últimas
  STJ: corte dos parentes, ministros e seus familiares, diz revista Crusoé // Conheça os candidatos a prefeito de Teresina 2020 // Arcebispo de Teresina pede a reabertura das igrejas // Jornalistas lamentam morte de Kairo Amaral da TV Clube // Empresas brasileiras querem comprar os Correios //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
De quem é a culpa?

Mourão está perdido

Enquanto o vice-presidente do país, Hamilton Mourão, com sua máscara ridícula (não pelo time), se preocupa em incriminar integrantes do INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, órgão subordinado ao MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), que “faz oposição” ao próprio governo e divulga dados negativos sobre as queimadas na Amazônia, o país pega fogo.

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que há 1 funcionário dentro do INPE, que “faz oposição” ao próprio governo e divulga dados negativos sobre as queimadas na Amazônia.


Apagando fogo com seringas de água. É brincadeira!

“Pessoal, o que acontece: eu recebo o relatório toda semana. Até dia 31 de agosto, tínhamos 5 mil focos de calor a menos do que até o dia 31 de agosto do ano passado, de janeiro a agosto. Agora, o Inpe não divulga isso. Por que? Não é o Inpe que está divulgando. É o Doutor Dalton, que é o diretor do Inpe, que falou isso? Não. É alguém lá dentro que faz oposição ao governo. Estou deixando muito claro isso aqui. Aí, quando o dado é negativo, o cara vai lá e divulga. Quando é positivo, não divulga. Entendeu?”, questionou.


Olha os equipamentos...

Acontece, seu Mourão, é que vocês não dão condições para as equipes de brigadistas lutarem contra as queimadas. Apagar fogo com seringas de água, torneiras furadas e abafadores de vorracha, nunca verão o fim dos incências. Além do mais, falta gente para fiscalizar  quase o país inteiro de mata andando de moto ou carros velhos sem armas adequadas e equipamentos modernos.


É deixar de reclamar e trabalhar mais

O trabalho de combater queimadas florestais não consiste apenas em apagar os incêndios. É também prevenir as chamas com ações como a queima prescrita e a criação de aceiros. A realização desse trabalho preventivo exige tempo e normalmente é realizada com alguma antecedência com relação ao período de seca, e é um dos motivos pelos quais o Ibama costuma iniciar a contratação das equipes de brigadistas a partir de abril.

Olh aí como surgem os incêndios

Este ano, entretanto, o edital de contratação das brigadas do PrevFogo, do Ibama, só saiu no dia 16 de junho e, no dia seguinte, uma nova portaria anulou o processo, invalidado por um erro no processo. O edital seria para  contratar 843 profissionais para as equipes do PrevFogo que atenderiam as regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste do país

 

 




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com