Últimas
  Enfermeiro acusado de estuprar cunhada é preso // Desmatamento, a resposta inesperada // Tutores da eleição de Dr. Pessoa são alvos da Polícia Federal em Teresina // Problema mundial // Menosprezaram Dr. Pessoa, diz deputado Themístocles //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
A insensibilidade de Bolsonaro e Hamilton Mourão



O assassinato do autônomo João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos por seguranças da rede de supermercados Carrefour, no Rio Grande do Sul, na noite de quinta-feira (19), comoveu o país, mas deixou o presidente Bolsonaro e o seu vice, general Hamilton Mourão, incessíveis ao fato.

Um dia depois do brutal assassinato de um homem negro em Porto Alegre, o presidente Jair Bolsonaro postou uma série de mensagens no Twitter nas quais nega racismo no Brasil, diz que é “daltônico” por não ver cor de pele e em nenhum momento menciona o caso.

Para Bolsonaro, quem prega conflitos e discórdia deve ir para o “lixo”. A manifestação do presidente ocorreu na noite de sexta-feira, 20, Dia da Consciência Negra, quando ele afirmou que os problemas do País vão além das questões raciais. Faltou-lhe preparo e sensibilidade para citar o caso.

O assassinato

O mesmo aconteceu com o seu vice-presidente Hamilton Mourão, que foi mais infeliz na sua observação, ao citar que no Brasil não existe racismo. “Aqui não há racismo. Nos Estados Unidos, sim, lá a coisa é pior. Negro é negro e não pode se misturar aos brancos”.

Esquece Mourão, que o racismo no Brasil é bem pior que nos EUA, que as mortes e preconceitos acontecem a todo instante e em qualquer lugar do país. A dupla de governantes está afinada nas mancadas e absurdos, de tal ponto que consegue provocar a ira de todos os brasileiros ao mesmo tempo.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com