Últimas
  Rara, "doença da urina preta" não possui tratamento // Morto tenta sacar dinheiro da aposentadoria no banco // O difícil reconhecimento! // Motoristas de ônibus não confiam na prefeitura e continuam greve // Deputada, ainda impune, vai sentar no banco dos réus //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
Começa a cair o império dos Marinhos na Rede Globo

O cinegrafista Cleber Schettini em atividade na Globo

Cleber saiu do canal em fevereiro de 2018 e no mesmo ano entrou com a ação na Justiça do Trabalho. A defesa do veterano alegou que ele fazia horas extras e tinha jornada noturna, aos domingos, mas que não recebia os pagamentos totais do trabalho. Ele não batia ponto e tinha jornada flexível, o que foi admitido pela Globo. As informações são do Notícias da TV.

Além das horas extras e da jornada noturna, Cleber apontou o intervalo de pausa de apenas 30 minutos como outra questão, o correto será um intervalo de 1 hora. “Postula horas extras a partir da quinta hora diária e trigésima semanal, com adicional de 60%, de segunda-feira a sábado para as quatro primeiras horas extraordinárias, e 100% para as demais horas suplementares, além de labor aos domingos”, descreveu a defesa do cinegrafista.

A defesa da Globo, no entanto, afirmou no processo que havia “pactuado entre as partes o Acordo para Prorrogação de Jornada de Trabalho, por meio do qual a jornada de trabalho foi prorrogada de 30 para 42 horas semanais, sendo que as duas primeiras horas excedentes da jornada normal eram remuneradas como horas extras, já considerados os descansos semanais remunerados”.

Os advogados da empresa pediram que a “eventual condenação deverá ficar restrita às horas excedentes ao módulo semanal de 30 horas, deduzindo-se os valores já recebidos pelo autor relativamente às duas primeiras horas diariamente excedentes”.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 9936-5070 ou pelos E-mail:
vilsonsanttos@bol.com.br