Últimas
  Delegado Samuel Silveira quer investigação de áudios criminosos // Desenvolvimento e crescimento em tempos de pandemia // Constituição // Motoristas do Transporte Eficiente cruzam os braços // O adeus ao ex-prefeito Firmino Filho em Teresina //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
O Brasil merece respeito, é verdade!

A semana iniciou com a marcha de uma carta, assinada por ilustres presenças na vida econômica e financeira nacional, demonstrando uma justa preocupação com as consequências da pandemia, hoje, transformada em um verdadeiro “pandemônio” e que querem atribuir a culpa de tudo o que estamos a vivenciar a uma só pessoa, nacional e não estrangeira!

A carta tem argumentos contundentes, fortes e dúbios que não batem, objetivamente com a realidade que estamos a acompanhar como, ilustramos a seguir.:

Isolamento Social: Todos aqueles que assinaram a presente carta, sem distinção nenhuma de qualquer que sejam eles, podem ficar isolados o resto da vida nas suas confortáveis casas que nada irá lhes faltar. Os seus cofres pessoais e familiares estão suficientemente abarrotados monetariamente, de tal sorte que não precisarão sair de casa para ir ao encontro de nada, pois tudo vem as suas mãos porque usam do confortável expediente de “mandar buscar”, numa demonstração de que a felicidade se expressa, no caso deles, signatários da carta, só com o ato de acionar o celular.”

Enfrentamento da Pandemia: “Há um ano que, quem assiste televisão, observa o enfrentamento da desgraça, como o esforço sobre-humano, de médicos, enfermeiros, autoridades governamentais liberando fortunas bilionárias para montagem de hospitais de emergência; compra de medicamentos; vacinas; insumos hospitalares e tantas outras situações invisíveis aos nossos olhos, mas que chegam às mãos dos necessitados com a urgência possível!

A crise do oxigênio teve aspectos que não são contados como, por exemplo, a distância entre a fábrica desse produto e os necessitados que fica a cinco mil quilômetros de distância dos enfermos. Para transportar esse produto até as emergências, é necessário um avião adequadamente preparado, pilotos disponíveis, combustível suficiente e uma infraestrutura apropriada que, muitas vezes, não é em poucos dias que se consegue. 

Efeitos Sociais: Tivemos um auxílio financeiro emergencial com o valor possível, que atendeu apenas a setenta milhões de carecidos, uma vez que não foi possível atender a todos;

Respeito à ciência: Particularmente nunca vi nenhuma cartomante, curandeiro ou pajé trabalhando para salvar infectados! É possível que haja por aí!

Fica a pergunta: O que é respeito para as eminências que firmaram o presente documento? É fazer o impossível?

artigosbsb@gmail.com – 29/03/2021.

 




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 9936-5070 ou pelos E-mail:
vilsonsanttos@bol.com.br