Últimas
  Lula: a maior personificação do mal no Brasil // Águas de Teresina transforma capital em estado de guerra // Bandidos que tentaram matar Moro morrem na cadeia // PF indicia ministro de Lula por corrupção criminosa // Juiz suspende outro contrato da prefeitura com serviço de limpeza //
 

www.jornaldacidadepi.com.br
 
Moro escapa de cassação por perseguição pífia do STF

Provisoriamente, Moro escapa de cassação

O senador Sérgio Moro conseguiu o importante voto do relator das duas Aijes que tramitam no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). O relator das ações, Luciano Carrasco Falavinha, votou contra a cassação e inelegibilidade do senador.

Falavinha considerou que não ficaram comprovadas irregularidades praticadas por Moro na pré-campanha ou na campanha para as Eleições 2022.

Para o relator, os autores das acusações, o PL e o PT, precisariam comprovar pelo menos três situações para que ele votasse pelo reconhecimento das Aijes: que houve a intenção deliberada de Moro, desde o início, em concorrer ao Senado pelo Paraná; que ele violou isonomia dos candidatos; além das demonstrações de despesas de campanha, comprovando que Moro extrapolou os limites de gastos.

“Seria preciso comprovar essas situações, mas isso não ocorreu”, disse o relator.

Em um longo voto, Falavinha citou ponto a ponto as acusações e as rebateu.

“Aplicando-se o princípio da proporcionalidade, não há como reconhecer excessos”, completou.

Após o voto de Falavinha, o desembargador José Rodrigo Sade pediu vistas e retoma seu voto na próxima quarta-feira (3).




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação

Os atigos assinados são de responsabilidade dos seus autores

 


Conheça Teresina


Fale Conosco
O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:(86) 99436-5070 ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br