Últimas
  Ciro não convida petistas para sua posse na Casa Civil // Mais um prefeito do Piauí decreta calamidade por causa da covid // Até quando // Prefeito de Luís Correia-PI pode pegar até 5 anos de cadeia // Governo do Piauí diz que vai pagar auxílio aos pobres //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
Romário pede saída de Tite da Seleção Brasileira logo



Para o ex-jogador Romário, ganhar a próxima edição da Copa do Mundo com o treinador Tite, será impossível. Campeão do mundo com a camisa verde e amarela em 1994, o ex-jogador Romário disse que o técnico Tite está “atrapalhando” a seleção brasileira. Ao perder de 1 a 0 para a Argentina e a Copa América, o  time comandado pelo treinador demonstrou que está mal treinado e desorganizado. “A dor é dupla. Perder e principalmente para quem foi.

Realmente o Brasil não conseguiu mais uma vez apresentar um futebol que, na minha opinião, pode melhorar. Não é aquela Argentina do passado. Foi um jogo muito feio. Não vi nada de novo taticamente”, disse.

Destaques

Os 10 motivos para pessimismo com a Seleção Brasileira: "A Seleção Brasileira não é boa", dispara Fábio Piperno.
 “Nós estamos próximos de uma Copa do Mundo. Será muito difícil colocar um treinador que possa dar uma cara diferente, taticamente falando. Mas é muito difícil ter de seguir com o Tite. O Tite está definido em um esquema de jogo que não está dando resultado”, completou. 

A melhor opção para comandar o time neste momento, segundo Romário, seria o espanhol Pep Guardiola, seu antigo companheiro de Barcelona.  “Seria o Guardiola. Principalmente se o Guardiola imprimir aqui a sua marca da forma como seus times jogam”, opinou. 

“Neymar dependência”

Embora elogie a qualidade do atacante Neymar, Romário se disse preocupado com a “dependência” que a equipe desenvolveu. “Nós temos grandes jogadores? Temos. Mas a forma que a seleção joga é muito estranha. E, para mim, isso atrapalha muito o jeito do Neymar jogar. Nossa seleção fica muito na dependência dele.”

“O Neymar tem todos os fundamentos que um grande craque pode ter. Finaliza, se posiciona e participa bastante do jogo (...). Mas o futebol de hoje não tem mais a condição de um jogador sozinho fazer a diferença, se não tiver do lado mais dois ou três.”

Ao apontar os melhores jogadores da história do futebol, no entanto, ele optou por não citar o camisa 10 - mas seu próprio nome não ficou de fora: “Pelé, Maradona, Messi, Ronaldo, Romário e Cristiano Ronaldo”.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 9936-5070 ou pelos E-mail:
vilsonsanttos@bol.com.br